Dubai vence disputa pela Expo 2020 

Dubai recebeu o apoio de 116 dos 164 membros votantes do órgão na rodada final da votação contra a cidade russa. Essa é a primeira vez que uma cidade do Oriente Médio é escolhida para realizar o evento.

 

São Paulo foi eliminada ainda na primeira rodada de votação, quando recebeu apenas 13 votos. Uma multidão de centenas de pessoas se reuniu diante de grandes telões em frente ao Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo, em Dubai, para acompanhar a votação. O governo de Dubai fez um forte lobby para sediar a feira em 2020. O país tentou dar destaque à sua infraestrutura de transportes e diz que as instalações vão ser transformadas depois da Expo em um centro de comércio. Exposições mundiais, nas quais os países participantes aproveitam para mostrar seu poder tecnológico, cultura e arquitetura, são realizadas a cada cinco anos, durante um período de seis meses. Milão será a sede da próxima, em 2015. As feiras são grandes apostas para os potenciais anfitriões, que estão dispostos a despender bilhões em infraestrutura, hotéis, prédios e outros preparativos para atrair milhões de turistas.

 

A China informou ter gasto 4,2 bilhões de dólares quando Xangai sediou a última Exposição Mundial, em 2010, o dobro do que despendeu com os Jogos Olímpicos de Pequim. Alguns órgãos da mídia chinesa publicaram que o custo real ficou perto de 58 bilhões de dólares, muitas vezes superior ao lucro de 164 milhões de dólares que o governo informou ter obtido, principalmente com a venda de ingressos e acordos patrocinados por corporações. Embora a feira de Xangai tenha atraído o número recorde de 73 milhões de visitantes, nem todos os estandes foram uma grande atração turística. O número de visitantes à feira de 2000 na cidade alemã de Hannover ficou em menos da metade dos 40 milhões de pessoas esperadas, deixando um déficit de mais de 1 bilhão de euros, de acordo com a mídia da Alemanha. Mas as feiras ajudam a economia local por causa do grande aumento nos investimentos públicos e por proporcionar ao país anfitrião visibilidade no cenário mundial. (exame.abril.com.br) 


 

COMPENSAÇÕES SOLICITADAS PELA POPULAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO

DO CENTRO DE CONVENÇÕES NA REGIÃO NOROESTE

FORMAÇÃO DA COMISSÃO DE LIDERANÇAS 


A Associação Comercial de São Paulo, através de seu Comitê Técnico de Política Urbana Distrital Noroeste em parceria com as diversas lideranças locais realizaram fóruns e reuniões temáticas sobre o projeto do Parque de Eventos EXPO-SP. Coletaram-se da população quais os seus anseios, e o que na sua visão deve ser contemplado neste contexto como medidas compensatórias, para que a região possa usufruir positivamente deste projeto de grande porte, sem perder suas características, mas podendo inserir uma nova vocação.

 

PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL

Espaço permanente de cultura e informações turísticas locais na Expo SP;

 

MEIO AMBIENTE

Descontaminação do solo na área do empreendimento;

Limpeza do córrego e implementação do caminho verde, proposto no Piano Regional Estratégico da Subprefeitura de Pirituba / Jaraguá, a saber: Caminhos Verdes: Paralelo a linha da CPTM, entre a Marginal do Tietê e a Estação Jaraguá;

Conservação dos córregos pertencentes a área de implantação do empreendimento a céu aberto e em seu curso natural, ou seja, a não canalização destes córregos;

Construção sustentável do empreendimento, e das melhorias do entorno;

Implementação de coleta seletiva na Expo SP e um centro de triagem que atenda a própria demanda, contendo educação ambiental, e absorvendo moradores do entorno como trabalhadores.

 

SISTEMA VIÁRIO

- Estudo da alça de acesso da Rodovia dos Bandeirantes ao empreendimento sem que o bairro City Pinheirinho seja afetado, e sem que haja degradação ambiental;

Construção de uma Ponte de transposição na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães de um lado a outro da marginal Tietê, prevista no artigo 12 do PRE da subprefeitura de Pirituba / Jaraguá;

- Abertura da Avenida Peres Campelo, que hoje se encontra obstruída;

- Alargamento das vias: Raimundo Pereira de Magalhães e Avenida Mutinga; 

- Mudança do traçado da Av. Dr. Felipe Pinel, bem como seu alargamento e aumento considerável de fluxo; 

- Estudo de viabilidade de acesso ao EXPO-SP para os bairros Pirituba / Jaraguá

 

SISTEMA DE TRANSPORTES

- Construção da linha de metrô que será a extensão da linha Laranja.

- Readequação de todas as estações da Linha A da CPTM compreendendo: modernização dos trens e estações; acessibilidade integral a todas as estações e entorno imediato das estações; construção de Bicicletários; construção de bolsões de estacionamentos adjacentes as estações

 

EDUCAÇÃO, TRABALHO E EMPREGO

- Implementar capacitação de trabalho em diversas frentes;

- Garantir que uma porcentagem da mão de obra tanto na construção quanto nos serviços seja da região, através de uma central reguladora de vagas.

 

SAÚDE

- Construção de um novo Hospital referenda, anexo ao hospital Municipal de Pirituba, visando aumento demográfico, trabalhadores e usuários.

 

SEGURANÇA

- Estudo detalhado do contingente policial que será necessário para o Expo-SP e os seus impactos;

- Garantia que o Expo-SP não será o foco da policia, deixando a comunidade desamparada.

  

As propostas foram elaboradas de forma conjunta e tem o aval de todas as entidades e lideranças locais. Solicitamos ainda o acompanhamento direto dos projetos através da formação de uma COMISSÃO composta por pelo menos um integrante de cada entidade da região. Encaminhamos as solicitações em 2 folhas numeradas, a serem protocolados em duas vias em seu Gabinete. Ficamos no aguardo da manifestação de Vossa Excelência, e agradecemos a atenção sempre dispensada. 


 

APRESENTAÇÃO

Colocamos os slides da apresentação e o áudio original em um video exclusivo!


        

AUDIÊNCIA EM PIRITUBA

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL NOROESTE (26/02/2013)

 

Este evento contou com a presença de diversas personalidades políticas e esclareceu muitas dúvidas sobre este projeto, mas deixou algumas ainda em aberto. Foram apresentadas informações e dados sobre a viabilidade do empreendimento para Pirituba e o país em geral, benefícios e todas possíveis mudanças que deverão ocorrer para adaptar o projeto atual às necessidades da topografia do terreno, o meio ambiente e da população local. 


A vice-prefeita falando do projeto

A vice-prefeita respondendo a perguntas



 

FOTOS DO PROJETO E DO TERRENO

Clique no Play e aguarde a reprodução automática ou escolha por slide

  

EXCLUSIVO: O ACESSO PELA RODOVIA

Clique no Play e aguarde a reprodução automática ou escolha por slide


  

O QUE É A EXPO

 

A Convenção de Paris de 1928 criou o Bureau International des Expositions (BIE), órgão que regulamenta e estabelece os direitos e responsabilidades dos organizadores e participantes de uma exposição internacional.  Hoje o BIE categoriza estas exposições internacionais em dois tipos principais: Exposições Universais (World Expo) e Exposições Internacionais. O papel do BIE relacionado a essas exposições é assegurar a justa aplicação de sua convenção e de seus regulamentos, bem como arbitrar quaisquer disputas que surjam entre países candidatos a sediar uma exposição ou entre participantes e organizadores da mesma. Os dois tipos de Expo diferem principalmente quanto ao tamanho do local, a duração do evento e o escopo do tema. Em termos regulatórios, Exposições Universais e Exposições Internacionais são denominadas "Exposições Internacionais Registradas" e "Exposições Internacionais Reconhecidas," respectivamente. Desde 1931, o ano em que a Convenção de Paris de 1928 entrou em vigência, houve diferentes modificações na categorização das exposições. A categorização atual, descrita aqui, vem sendo usada desde 1996, ano em que a Emenda de 1988 entrou em vigência.



MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTE ASSUNTO