Avenida Mutinga, 12 - Ao lado da estação de trem

Tel. 2645-8786

 

A Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Santos à Jundiaí - AEEFSJ é uma sociedade civil sem finalidade lucrativa, fundada em 18 de Maio de 1954 por deliberação coletiva dos Engenheiros e Arquitetos desta ferrovia. A Revista Ferrovia inspirou a fundação desta associação. Com Sede Social na Rua José Paulino nº 07, Bairro da Luz, na cidade de São Paulo, a AEEFSJ conta em seus quadros com 208 associados, profissionais especializados do setor de transporte metroferroviário. Desde a sua fundação, a AEEFSJ tem contribuído para o desenvolvimento do transporte sobre trilhos, defendendo a preservação do patrimônio histórico ferroviário, contribuindo para o desenvolvimento, aperfeiçoamento e eficiência da técnica ferroviária.

 

OBJETIVOS
Valorizar o capital intelectual representado por seus associados.

Divulgar o conhecimento técnico no âmbito da engenharia e da técnica ferroviária.

Promover o aperfeiçoamento técnico e cultural de seus quadros.

Integrar e defender os interesses de seus associados.

Promover a defesa e a preservação do Patrimônio Histórico Ferroviário Nacional.

Valorizar a tecnologia ferroviária nacional, interagindo com universidades, profissionais, empresas de consultoria e de construção, e fabricantes de materiais e equipamentos.

Apoiar a expansão do Serviço de Transporte Metroferroviário no Estado de São Paulo.

Promover Ações de Responsabilidade Social; Cidadania e Respeito ao Meio Ambiente.

 

MISSÃO
Promover o convívio social, estimular o desenvolvimento e aperfeiçoamento da técnica ferroviária e fomentar a preservação do patrimônio histórico da ferrovia.

 

VISÃO
Destacar-se social e tecnicamente no meio metroferroviário, com ética e competência.

 

CAMPO

A Sede de Campo em Pirituba foi criada para oferecer uma opção de lazer aos associados. Possui Salão de Festas, Churrasqueira, Campo (grama sintética e campo society).

  

ESCOLINHA DE FUTEBOL 

Em 1983, alguns engenheiros integrantes desta Associação e na época também da R.F.F.S.A. em São Paulo, motivados pela contribuição que estariam prestando aos colegas de trabalho nas ferrovias, resolveram criar uma escolinha de futebol preliminarmente denominada “Futebol Dente de Leite da A.E.E.F.S.J.” para proporcionar lazer aos filhos dos ferroviários, sendo logo após seu inicio de atividades, aberto para a comunidade local. Com o crescimento da Escolinha após 14 anos de criação, mais de 180 crianças participam das atividades esportivas com líderes e técnicos para cada equipe, e ainda, uma Diretoria Auxiliar formada por pais das crianças, com a finalidade de organizar todas as atividades, acompanhar os atletas nos diversos eventos, transportes, alimentação, uniforme, administração, etc. 

 


SITUAÇÃO EM NOV/2015: FECHADO 

O conhecido Campos dos Engenheiros é de propriedade do Governo Federal e era utilizado pela Associação do Engenheiros da Estrada de Ferro Santos/Jundiaí como concessão, mas informações extraoficiais dizem que este prazo de concessão terminou. Tentaremos confirmar estes dados e outras possibilidades, como por exemplo, a do local abrigar a nova estação de trem Pirituba. Aqui no site Pirituba Net mostramos o projeto de reforma desta estação (veja aqui), no mesmo local da atual, mas sempre ouvimos em reuniões que o ideal seria fazê-la ao lado do terminal Pirituba, talvez por isso que os pedidos de uma passarela ligando estes dois pontos foi sempre rejeitada. Acontece que o campo é do Governo Federal, a CPTM e tudo sobre as estações são do Governo Estadual e a vontade de ligar com o terminal é da prefeitura. Logo, somente um acordo entre os Governos poderia levar adiante este possível projeto que, como infraestrutura seria de grande valia para a população local, mas em contrapartida seria uma perda irreparável para a história do bairro e do país, visto que o Rugby no Brasil começou neste campo (veja a história aqui). Na parte esportiva, o campo poderia ser feito em outro local próximo, sem grandes transtorno aos atuais usuários. Por fim, nada foi comentado que a concessão não seria renovada, o que pode acontecer, mas os rumores contrários são grandes. Novidades em breve.



1975 A 1982


MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTE ASSUNTO