O Trecho Norte do Rodoanel Mario Covas desenvolve-se a partir do final do Trecho Leste, entre o trevo de interseção com a Rodovia Presidente Dutra e Av. Raimundo Pereira de Magalhães (início do trecho Oeste), interligando com o Aeroporto de Guarulhos e a rodovia Fernão Dias.

 

Extensão: 44 km + 3,6 km de ligação ao Aeroporto Internacional de Guarulhos

Municípios de São Paulo, Guarulhos e Arujá

Início: março/2013 - Previsão de término: junho/2017

 

FOTOS DE 27/08/2016

Clique para ampliar


PF INVESTIGA POSSÍVEL FRAUDE NO RODOANEL NORTE (25/03/2016)

 

A Polícia Federal em São Paulo abriu um inquérito para investigar um possível desvio de dinheiro nas obras do trecho norte do Rodoanel nos acréscimos de valores determinados durante a execução do serviço. A obra é tocada pela Dersa, empresa do governo de São Paulo, que contratou serviços de terraplanagem por R$ 423,7 milhões, divididos em vários lotes. A instauração do inquérito foi relevada pelo jornal "O Estado de S. Paulo", que afirma que o maior acréscimo, de 385,6%, foi registrado no lote 2, sob responsabilidade da construtora OAS, investigada também na operação Lava Jato. Com os ascréscimos, o preço total teria subido para R$ 845,4 milhões. A PF não informa o valor investigado. Diz apenas que recebeu uma notícia de crime envolvendo supostos desvios de verbas em obras do Rodoanel. A investigação é realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros (Delefin). A Dersa diz que já investiga as denúncias recebidas de um ex-funcionário de empresa prestadora de serviço. Segundo a Dersa, o acréscimo que deve ser considerado em relação aos R$ 423,7 milhões previstos inicialmente é de cerca de R$ 170 milhões, que seriam apenas de serviços de terraplanagem. Isso resultaria num valor atualizado de R$ 593,9 milhões, aumento de 40,2%, o que "está dentro dos limites considerados normais para obras de grande porte", segundo a empresa. “Os acréscimos nos volumes de desmonte de rocha com uso de argamassa expansiva se justifica pela condição estrutural encontrada nas edificações próximas às obras, sendo, portanto, uma medida de segurança", disse a Dersa, em nota. Ainda segundo a empresa, o acréscimo no lote 2, da OAS, foi de 15,41%. A Dersa ainda encaminhou a denúncia à Corregedoria Geral da Administração e afirma que não foi notificada pela Polícia Federal sobre a investigação. O caso também é investigado pelo Ministério Público Federal. (G1)


TÚNEL 202 (17/02/2016)

"Em vistoria às obras do Rodoanel Norte, na Capital, acionei a detonação que uniu as escavações dos sentidos Leste e Oeste do Túnel 202. O trecho Norte terá 44 km de extensão, começando na Av. Raimundo Pereira Magalhães e terminando na Via Dutra (BR-116). O trecho também terá acesso à Rod. Fernão Dias (BR-381) e uma ligação exclusiva para o Aeroporto Internacional de Guarulhos. Com a sua conclusão, cerca de 18 mil caminhões deixarão de circular na Marg. Tietê todos os dias. Este é o último trecho em obras para concluir todo o Rodoanel. Uma obra estruturante que, além de gerar muitos empregos, vai aliviar o trânsito na Capital e melhorar a logística do Estado atraindo investimentos." (Geraldo Alckmin, Governado do Estado de SP)


Dersa ignora exigências de Haddad para Rodoanel Norte (26/09/2013)

 

A Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) afirmou que a Prefeitura de São Paulo não tem competência para estipular contrapartidas para o Trecho Norte do Rodoanel. O Estado revelou ontem que documento enviado ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) pelo Município pede a construção de nove parques ao redor da Serra da Cantareira. De acordo com presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) elaborou parecer de compensação ambiental, que foi aprovado pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente. Ele diz que a competência dos órgãos é garantida pela Lei Complementar 140 de 2011, já que se trata de obra intermunicipal. "A Prefeitura não tem direito de onerar o empreendimento", disse. Lourenço afirmou que a Cetesb exigiu 1,7 milhão de mudas como compensação, processo avaliado em cerca de 60 milhões, e o depósito de R$ 25 milhões. "Essa obra custa R$ 2 bilhões a mais por causa das medidas mitigadoras", disse. Segundo Lourenço, o traçado e o uso de túnel são exemplos de cuidados tomados para minimizar o impacto. Citando estudo relativo ao Trecho Sul, ele negou ainda que o Rodoanel estimule ocupações nas margens. O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Ricardo Teixeira, afirmou que o prefeito Fernando Haddad (PT) entende que a lei não é suficiente para proteger a Cantareira e que por isso tenta um acordo direto com o governador Geraldo Alckmin (PSDB). O secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, afirmou ao Estado que estuda um dos pedidos da Prefeitura, a colocação de grades ao redor da Cantareira. A compensação da Cetesb não ultrapassa R$ 85 milhões. Com área somada maior do que oito Parque do Ibirapuera, os parques pedidos pela Prefeitura custariam mais R$ 272 milhões ao governo estadual. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. (Editado de exame.abril.com.br) 


O OUTRO LADO DO PROGRESSO

Obra de R$ 6,5 bilhões, o Rodoanel Norte irá despejar mais de 2 mil famílias pobres que moram na periferia da zona norte de São Paulo e de Guarulhos. Veja na página "Vítimas do Rodoanel Norte" no Facebook clicando aqui



MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTE ASSUNTO