Avenida Francisco Matarazzo, 455 - Terminal Barra Funda

Tel. 3865-4131

 

Idealizado pela SRB - Sociedade Rural Brasileira, importante entidade representativa da agropecuária brasileira, o Parque foi fundado em 2 de junho de 1929 pelo Secretário de Agricultura Dr. Fernando Costa, com o objetivo de abrigar exposições e provas zootécnicas. Na ocasião, a Avenida Água Branca sequer havia sido asfaltada. Em 1996, o parque foi tombado pelo Condephaat como patrimônio cultural, histórico, arquitetônico, turístico, tecnológico e paisagístico do estado de São Paulo.  Abriga diversas associações de criadores de raças de equinos e bovinos e a Associação dos Agricultores Orgânicos de São Paulo, o Instituto de Pesca e o Museu Geológico Valdemar Lefèvre, o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e outras instituições. Em agosto de 2010 a então primeira-dama do estado, Deuza Goldman, empreendeu profunda e extensa reforma no parque, derrubando várias palmeiras, árvores antigas e vegetação espontânea ("mato") do bosque, retirando inclusive o banco de sementes deste, e fazendo no local uma trilha de cascalho para caminhadas. Os gatos, saguis, galinhas, patos e pavões que viviam no local foram eliminados, o que desagradou a Associação de Amigos do Parque, além dos frequentadores. A criação de uma praça de alimentação ameaçava o café da manhã orgânico que era servido três vezes por semana. Foi necessário pedir reforço da Polícia Militar para conter os protestos e seguir com a derrubada de árvores decidida unilateralmente pela primeira-dama, sem consulta a órgãos ambientais.

 

Além disso, festas tradicionais da cultura do interior do estado de São Paulo não podem mais ser realizadas no Parque, que abrigará um teatro, uma praça de alimentação, e outros espaços de características metropolitanas. Recentemente o parque recebeu diversas mudanças agradáveis, como a volta dos pavões, gatos, patos e galinhas ao ar livre, fato que atraiu a volta de muitos turistas ao parque. Outra mudança que agradou a todos foi uma mobilização feita pelos moradores da região sobre o horário do funcionamento, para que moradores da região pudessem fazer suas atividades físicas a qualquer horário do dia ou noite. Aos fins de semana o parque realiza uma festa temática, trazendo diversas atividades para todas as idades. (wikipedia)

 


MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTE ASSUNTO