EVENTOS NA CIDADE

Clique para ampliar

 

Diversos nomes do humor nacional vão passar pelo Palco Risadaria do Tietê Plaza Shopping durante o evento. Diariamente, seis artistas se apresentarão no Palco Risadaria, sendo dois para o público infantil a partir das 15 h, e quatro para o público adulto, de segunda a sexta a partir das 19 h, e aos sábados e domingos, a partir das 18 horas. O Festival traz também ao Tietê Plaza uma exposição totalmente interativa: o público vai conferir conteúdos especiais diretamente dos acervos de humor mais completos do País. 

  

PALCO RISADARIA

 

De 07 a 23 de julho

De 2ª a 6ª feira, à partir das 19 h: 4 atrações por dia

Sábados e Domingos, a partir das 18 h: 4 atrações por dia

Classificação indicativa: 14 anos - Gratuito

Tietê Plaza Shopping

Avenida Raimundo Pereira de Magalhães com marginal Tietê

 

 

21/jul, 19 h – Davi Mansour, Paulo Vinnicius, Criss Paiva e Vitor Meyniel

22/jul, 18 h – Rogério Vilela, Jansen Serra, Paulo Mansur e Paulo Vieira

23/jul, 18 h – Igor Guimarães, Luca Mendes, Daniel Duncan e Murilo Couto 

 


Atividades Culturais para julho na Biblioteca Brito Broca

 

 

Dança – 22/07 (Sab) – 14h

Yebo - Gumboot Dance Brasil

Com Danilo Nonato, Lenna Bahule, Munique Mendes, Naruna Costa, Pablo Araripe, Rubens Oliveira, Samira Marana, Silvana de Jesus, Washington Gabriel

Yebo é o segundo espetáculo do Grupo Gumboot Dance Brasil. Aborda a exploração, tanto das minas como dos sete povos levados para extração do minério, a criação de um dialeto sonoro a partir das batidas nas botas de borracha, a espera das mulheres por seus maridos mineiros durante a temporada de exploração das minas.

 

Brincadeiras  – 30/07 (dom) – 11h

Brincadeiras Africanas (Trio Ibaré)

O trio Ibaré propõe no encontro evidenciar e potencializar, através do lúdico, a importância que a contribuição cultural Africana trouxe para a formação da cultura brasileira. São apresentadas as brincadeiras Mbube, Mbube (Gana), Terra Mar (Monçambique) e Pegue o Bastão (Egito). Ao final é narrada a história de Abayomi, um tipo de boneca de pano que é símbolo de resistência Africana, e cada participante poderá confeccionar sua Abayomi.