VACINAS PARA GATOS

 

Gatos, ao contrário da lenda que circula em torno deles, não têm sete vidas e, por isso, necessitam de vacinas anuais administradas por um médico veterinário. Os felinos são animais com personalidade mais solitária, mas nem por isso eles estão livres de contraírem doenças de outros gatos que vivem nas proximidades. Pelo mercado e as propagandas circularem em maior escala em torno dos cães, o “mundo felino” tem sido cada vez mais misterioso, gerando inúmeros preconceitos e dúvidas a respeito dos gatos. Um ponto muito importante, e que muitas pessoas não sabem, é sobre a vacinação de gatos. Existe uma gama de pessoas e tutores que acreditam que a única vacina que o felino deve tomar é a Antirrábica, destinada à prevenção da Raiva. Essa informação é totalmente errônea, deixando os pets cada vez mais vulneráveis a outros tipos de doenças, que podem  levar inúmeros gatos à morte todos os anos. Quando falamos em vacinação, falamos em saúde animal, e o único profissional que deve fazer a imunização do felino é o médico veterinário. A vacinação não é apenas injetar na pele do animal uma substância. Existe um bom número de exames clínicos a serem feitos antes do animal ser vacinado. É importante saber que o animal deve gozar de ótima saúde no dia da vacinação. Para um entendimento melhor por parte dos tutores a respeito da imunização, as vacinas são compostas, nada mais nada menos, de partes enfraquecidas da doença que se deseja imunizar, para que os anticorpos do animal  reconheçam aquele agente e desenvolvam a memória imunológica contra ele. Com os anticorpos reconhecendo aquele agente, no momento em que a doença entrar no organismo, haverá o combate imediato. Por isso a necessidade do animal estar saudável, já que, como dito, é o vírus atenuado da doença que é injetado no corpo do animal.

No mercado, existem três principais tipos de vacinas para gatos, conhecidas como múltiplas, que são:  as Tríplices (combatem três doenças), as quádruplas (Quatro doenças) e as Quíntuplas (Cinco doenças).  Nelas, são combatidas as doenças mais comuns, tais como: Rinotraqueíte, Clamidiose, Panleucopenia e etc. Os felinos devem tomar a primeira vacina a partir dos seus 2 meses de idade, sendo feito um reforço depois de um mês. A partir disso, todo ano o pet deve ser vacinado, sem a necessidade de reforços. Além dessa vacina múltipla, a outra vacina que o gato precisa tomar todo ano é a antirrábica. Essa vacina é destinada unicamente à prevenção da Raiva. O felino deve tomar sua primeira dose a partir do quarto mês de vida. Assim como as outras vacinas, essa também devem ser repetida anualmente. A raiva merece atenção, pois se trata de uma zoonose (Doença transmitida do animal para o ser humano). Jamais deixe de vacinar seu animal anualmente. A vacina deixa seu animal protegido contra doenças graves. Lembre-se que os gatos devem tomar duas vacinas anualmente, as vacina múltiplas (tríplice, quádrupla ou quíntupla) e a Antirrábica. (Fonte:portaldocat)


O MUNDO DOS GATOS




MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTE ASSUNTO